Anjo Mecânico – Cassandra Clare

download-1É sempre um misto de emoções falar de um livro da Cassandra Clare. Isso porque ela simplesmente sabe como mexer com os sentimentos das pessoas. Falando como alguém que leu os seis livros de Instrumentos Mortais, parece que ela gosta de fazer os leitores pirarem.

Eu, bem atrasada mexxxmo, só estou lendo As Peças Infernais em pleno janeiro de 2017. E após conhecer o Will, a Tessa e o Jem, me arrependi muito. A história do primeiro livro da trilogia se passa no século XIX conta a história da Tessa; ela sai de New York para Londres esperando morar com o irmão. Mas chegando lá nada é como o esperado; sequestrada pelas Irmãs Sombrias, estas treinam um poder que ela nem sabia possuir. Além disso, prometem entrega-la ao magistrado, que é quem tanto a deseja. Quando Tessa finalmente se liberta das Irmãs, é jogada num novo mundo: o das sombras. É ai que ela conhece o mundo que já estamos acostumados. Mas o instituto é realmente seguro para protege-la do magistrado?

Eu não sei nem por onde começar. Mesmo depois de ler várias resenhas, tinha muito receio de encontrar a mesma fórmula da história de Instrumentos Mortais. Com certeza era um risco que a autora corria sempre escrevendo: não deixar que por estar no mesmo mundo, a história seguisse a mesma linha, como as vezes acontece com outros autores que tentam dar continuidade aos seus mundos com histórias nem tão novas assim.

Porém, pro meu alivio, As Peças Infernais se mostrou bem diferente e em alguns aspectos até superior. Amei como os personagens foram muito bem desenvolvidos; nenhum foi colocado na história sem um propósito e todos tinham algo por trás. A Tessa não é uma protagonista irritante como a Clary era no inicio. O Will é uma versão do Jace melhorada, precisamos admitir. E o Jem… ele é único. O livro é cheio de ganchos sobre a história de cada um, e te deixa morrendo de curiosidade para descobrir mais e mais sobre eles. As vezes parece que até uma virgula faz total diferença.

O livro também introduz um triângulo amoroso pra ser explorado nos próximos livros da trilogia. De um lado temos o maravilhoso Will Herondale e seus segredos; do outro, o encantador Jem Carstairs e seu triste destino. Mas pelo menos em Anjo Mecânico, isso não recebe muiiita atenção. Ninguém tem tempo pra esse tipo de coisa na verdade.

Bom, sempre que eu saio completamente apaixonada por um personagem (acho que estou fadada a me apaixonar por todos Herondale), o livro costuma ser um dos meus favoritos. Amo muito esse mundo da Cassandra Clare e os personagens que ela cria; afinal, agradeço todos os dias pela existência do Jace hahaha Enfim, super recomendo Anjo Mecânico e não vejo a hora de falar sobre os próximos dois livros por aqui  ❤

Acredito em bem e mal. E acredito que a alma é eterna. Mas não acredito no abismo de fogo, com tridentes e tormento eterno. Não acredito que se possa ameaçar as pessoas para torná-las boas.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s